Kylie.com.br

10 anos de Fever!

O estilo e a sensação da canção Can’t Get You Out Of My Head sugeriu a direção criativa do álbum Fever, que seria leve, minimalista, pós-modernista e orientado para as pistas de danças. A canção foi um grande ponto de revelação, e uma abundância de idéias visuais simplesmente fluíram a partir dela. Essa jornada foi melhor expressa na turnê KylieFever.

William Baker explica que em experiências anteriores, a lógica de produção tinha sido inversa à utilizada em Fever. Era aplicado o que eles queriam fazer visualmente por cima da faixa, manipulando estilo e som; não era comum a inspiração realmente fluir naturalmente a partir de uma música.

Com design e produção quase de sobra, a canção e o álbum subsequente deram a luz a uma visão muito mais objetiva do que havia sido alcançado anteriormente, um complexo aglomerado de desmembramento, deixando Kylie em evidência de forma simples e eficaz.

A imagem para o álbum Fever e a turnê de 2002 foram como um exercício à iconografia do pop contemporâneo. Foi inspirada em fotografias de Grace Jones, que para William era por si só uma celebração do poder da artista feminina. William conta que criou o hábito de atribuir à Kylie algumas das influências mais confrontantes de Grace.

Olhei capas de álbuns clássicos por horas: Blondie, Roxy Music, Neneh Cherry… com o objetivo de criar uma imagem que englobaria o ícone que é a Kylie. Eu também queria mostrá-la com as ferramentas do seu trabalho (fones de ouvido, alto-falantes e um microfone) – conta Willian Baker

O mesmo fotografo da famosa foto em Ibiza para o álbum Light Years (2000) foi chamado para fotografar Kylie em Fever. Vincent Peters trocou o oceano azul de Ibiza pela parede branca de um estúdio em KensalRise.

Peguei aquele microfone e em determinado ponto o amarramos a ela. Era simplesmente ela e o acessório. O negócio com a Kylie é que a própria Kylie e sua linguagem corporal já trazem metáforas suficientes, associações suficientes, e você não precisa acrescentar mais nada ali.

A silhueta na capa apresenta Kylie segurando um microfone até seus lábios, ligando-a intrinsecamente ao seu trabalho. Ela está fazendo pose e cantando, os dois ingredientes chave na mistura de Kylie.

A arte do álbum Fever foi feita pelo designer gráfico Tony Hung, foi seu primeiro trabalho para Kylie. Tony criou um logo chanfrado, minimalista e eletrônico. Foi desenvolvido também uma versão do logo em forma de ‘K’ que inspirou o subsequente design da turnê. A versão foi transformada em um ‘selo’, que mais tarde se tornou uma marca imediatamente reconhecida. Tony Hung trabalha com Kylie até hoje e é responsável pelo design da maioria dos produtos da cantora.



‘Can’t Get You Out Of My Head’ foi ouvida pela primeira vez pelo público na turnê On A Night Like This, que começou em Glasgow em Março de 2001 e em decisão unanime foi a escolha para primeiro single de Fever. Saiba mais sobre ‘Can’t Get You Out Of My Head’ no nosso especial de 10 anos da canção.

O sucesso e a popularidade de ‘Can’t Get You Out Of My Head’ era tão grande, que o segundo single, ‘In Your Eyes’ precisou ser atrasado. Algumas rádios chegaram ignorar a canção de início e continuaram tocando o famoso LaLaLa.

A deliciosa pegada deep house de ‘In Your Eyes’ trás uma batida sexy e poderosa mesclada com sutis elementos latinos no refrão. O vídeo de ‘In Your Eyes’ é um dos mais belos que Kylie já protagonizou e se tornou referência para vídeo-clipes de vários outros artistas. A canção alcançou o topo das paradas na Austrália, a terceira posição no Reino Unido e foi Top 10 em vários países europeus.

O grudendo refrão de ‘Love At First Sight’ fez a canção se tornar mais um single de sucesso de Fever. O vídeo de ‘Love At First Sight’ dirigido por Johan Renck seguiu o tema futuristico iniciado em ‘Can’t Get’. Para o lançamento nos Estados Unidos, a música ganhou uma divertida nova roupagem produziada por Ruff & Jam. ‘Love At First Sight’ atingiu a primeira posição na parada Dance da americana Billboard, na terra da Rainha, alcançou a segunda posição.

O último single de Fever, ‘Come Into My World’, foi também a última canção do álbum a ser gravada. Dos mesmos produtores de ‘Can’t Get You Out Of My Head’, os gênios Cathy Dennis e Rob Davis, a canção também fez muito sucesso nas pistas de dança.

A Parlophone decidiu lançar a canção como single devido à sua popularidade na turnê KylieFever. Os vocais foram regravados por Kylie e mais tarde a música ganhou um remix do produtor Fischerspooner.

‘Come Into My World’ rendeu a Kylie seu primeiro Grammy, como “Melhor Gravação Dance”.

O complexo vídeo dirigido pelo premiado Michel Gondry mostra Kylie sendo ‘multiplicada’ em uma rua de Paris. Mais de 15 takes foram filmados para criar o efeito desejado e quinze dias foram necessários para criar os efeitos especiais. Mais de 50 figurantes participaram das filmagens.

Kylie gravou mais de 30 músicas para o álbum Fever, algumas que não entraram no álbum se tornaram B-sides de seus singles, como: ‘Boy‘, ‘Rendezvous at Sunset‘, ‘Tightrope‘, ‘Good Like That‘, ‘Never Spoken‘, ‘Harmony‘ e ‘Baby‘.

Fever foi re-lançado na Europa em Novembro de 2002 com um disco bônus com 6 remixes e a faixa inédita ‘Whenever you feel Like It‘.

O oitavo álbum da Kylie, Fever, se tornou o mais famoso de toda sua carreira. Muito elogiado pela mídia, o álbum rendeu vários prêmios.

No Brit Awards 2002, Kylie foi nomeada em 4 categorias e ganhou 2 delas: “Melhor Álbum Internacional” e “Melhor Artista Internacional”. Foi nesse ‘Brits’ que Kylie fez uma das suas mais memoráveis apresentações de ‘Can’t Get You Out Of My Head’.

Em 2002 Kylie também ganhou duas categorias no MTV Europe Music Awards, “Melhor Atuação Pop” e “Melhor Atuação Dance”.

Ainda em 2002, o vídeo de ‘Can’t Get You Out Of My Head’ venceu a categoria “Melhor Coreografia” no MTV Video Music Awards.

Na Austrália, Kylie foi a grande vencedora da edição de 2002 do ARIA Music Awards, vencendo nas categorias “Álbum Mais Vendido”, “Single Mais Vendido”. “Single do Ano” e “Melhor Lançamento Pop”.


Kylie venceu vários outros prêmios ao redor do mundo em consequência do estrondoso sucesso do álbum.

Fever vendeu cerca de 8 milhões do cópias no mundo. Atingindo o primeiro lugar na Austrália, Reino Unido, Alemanha, Irlanda e Brasil. Nos Estados Unidos, o álbum vendeu mais de 1 milhão de cópias, se tornando o maior sucesso comercial da Kylie no país. Fever atingiu a #3 posição na principal parada da Billboard.

Feel The Fever!

Matéria produzida pela equipe do KYLIE.com.br com informações dos livros ‘LaLaLa’ de William Baker e ‘The Complete Kylie’ de Simon Sheridan.

Comentários ()
Tags: Can't Get You Out of My Head Especial Fever Parlophone Publicado por Leonardo Camargo em 4 de outubro de 2011 às 03:38

Você pode se interessar também por:

Facebook

Twitter

Copyright © 2004-2017 KYLIE.com.br - Kylie Minogue Brasil. Todos os direitos reservados.

Designed por Leo