Kylie.com.br

As batalhas do The Voice UK

Com o fim das blind auditions, chegou a vez dos técnicos colocarem os seus times em batalhas. Ou seja: duplas que cantam juntas uma mesma música escolhida pelo técnico, que escolhe apenas um para continuar na disputa. Cada um dos técnicos tem um “roubo”, que consiste em levar para o seu time um artista que não foi escolhido vitorioso na batalha do outro técnico.

Com o alto nível dessa temporada, que já nas blind auditions acusava os grandes nomes, Kylie Minogue, Ricky Wilson, sir Tom Jones e will.i.am terminaram as batalhas com o que de fato existe de melhor em suas equipes.

Em suma, as batalhas serviram realmente como um filtro, deixando na disputa os grandes artistas desse terceiro ano. Claro que alguns nomes não cumpriram promessas (Jamie Lovatt, apesar de ótimo, não conseguiu ser tão grandioso como na sua apresentação da fase anterior), mas, no geral, não tivemos muitas surpresas em termos de resultado nas batalhas.

Com dois programas de aproximadamente 135 minutos cada, o The Voice UK entregou apresentações muitas vezes empolgantes e emocionantes. Se a primeira de Kylie foi basicamente decepcionante (Jimmy Weston e Lee Glasson não estiveram à altura de “When You Were Young”, do The Killers), logo Sally Barker, do time de Tom, roubou a cena e venceu a batalha contra a cantora country Talia Smith com a bela canção “Dear Darlin'”.

A veterana, que nem conhecia a canção, cantou com uma naturalidade assustadora, provando mais uma vez que a sua voz é, possivelmente, a melhor da equipe de Tom.

O primeiro “roubo” aconteceu em uma apresentação de Kylie. O encontro explosivo de Leo Ihenacho e Steven Alexander, com “Thunder in My Heart”, dividiu o coração da cantora, que terminou escolhendo Ihenacho. Tom Jones, no entanto, fez justiça e salvou o jovem Alexander.

Kylie, pulando de alegria, agradeceu ao seu amigo técnico pelo ato. Os outros dois roubos vieram na sequência, com Ricky levando Jessica Steele (team will.i.am) para o seu grupo e Will roubando Nomakhosi do time de Kylie. A australiana, a partir daí, passou a ser o grande destaque das batalhas.

Enquanto os outros técnicos usaram seus roubos antes do fim do primeiro programa, Kylie só tomou sua decisão nos momentos derradeiros do segundo, o que criou um inevitável clima de tensão e pressão em cima dela.

Enquanto Kylie não tomava sua decisão, várias músicas pop surgiram nas batalhas (com repertórios de Katy Perry, Taylor Swift, Christina Aguilera e Jessie J) e várias apresentações se destacaram pelo alto nível: Jai (a melhor concorrante do team Kylie) vs. Nomakhosi com “Tainted Love”, James Byron vs. Kiki DeVille com “Because the Night”, Christina Marie (uma forte candidata para a final) vs. Nathan Amzi com “The Power of Love” e Sophie May Williams vs. Cherri Prince em “Lovecats”.

É difícil apontar injustiças, já que tudo está muito bem balanceado, mas, se fosse para apontar uma delas, seria a exclusão de Kiki DeVille, que só poderia ser roubada por Kylie e não foi a escolha da cantora. DeVille foi claramente melhor sucedida na batalha do que seu companheiro James Byron -- que, apesar de ótimo, parece impressionar mais em apresentações solo.

Com o tempo passando e sua escolha de roubo ainda em aberto, Kylie estava visivelmente sofrendo ao ter que escolher os vitoriosos de suas próprias batalhas sabendo que eles não poderiam ser salvos pelos outros técnicos.

A cantora, com os olhos constantemente marejados, também deixava claro que não era fácil rejeitar os candidatos disponíveis para roubo. “Mas eu tenho um nome em mente. Só não posso dizer qual”, explicava a cantora. E assim a tensão crescia.

Até que, finalmente, chegou a batalha de Iesher Haughton (absurdamente boa e uma forte candidata à vitória do programa) e Femi Santiago. Com Iesher escolhida vencedora, Santiago ficou disponível para roubo e o momento foi um dos mais inspirados de toda essa temporada.

Quando perguntado se gostaria de dizer algo para convencer Kylie a roubá-lo, Santiago resolveu cantar e fazer tudo em forma de serenata. Ele se aproximou da cadeira da cantora e cantou próxima à ela, levando Kylie à empolgação e a inúmeros sorrisos genuínos.

O resultado do momento, claro, não poderia ser diferente: a australiana finalmente apertou o botão e terminou com o mistério de quem seria o seu escolhido.

Outros artistas certamente mereciam mais o voto de confiança (DeVille, por exemplo, que poderia ser um dos grandes nomes do time de Kylie, que, infelizmente, é o menos inspirado em competição), mas o momento foi tão especial (e Santiago de fato é bom) que fica difícil questionar.

Com o fim das batalhas, agora chegou a vez dos nocautes, onde os concorrentes (sete no time de cada técnico) voltam a se apresentar individualmente. E, ao que tudo indica, tudo começará a ficar ainda mais acirrado.

Confira a lista completa de batalhas e vencedores:

TEAM WILL.I.AM

Jermain Jackman vs. Sarah Eden Winn -- “I Knew You Were Waiting”
Tom Barnwell vs. Callum Crowley -- “P.Y.T.”
Anna McLuckie vs. Jessica Steele -- “Good Riddance (Time of Your Life)”
Kiki DeVille vs. James Byron -- “Because the Night”
Sophie May Williams vs. Cherri Prince -- “Lovecats”
Iesher Haughton vs. Femi Santiago -- “Stoop, Look, Listen (to Your Heart)”

TEAM KYLIE

Jimmy Weston vs. Lee Glasson -- “When You Were Young”
Leo Ihenacho vs. Steven Alexander -- “Thunder in My Heart”
Nomakhosi vs. Jai -- “Tainted Love”
Rachael O’Connor vs. Amelia O’Connell -- “Holy Grail”
Joe Keegan vs. Jamie Johnson -- “Counting Stars”
Gemyni vs. Jade Mayjean Peters -- “Baby One More Time”

TEAM TOM

Sally Barker vs. Talia Smith -- “Dear Darlin'”
Bizzy Dixon vs. Kenny Thompson -- “Hey Jude”
Mairead Conlon vs. Celestine -- “It’s My Party”
Vicky Jones vs. Melissa -- “Just Give Me a Reason”
Georgia vs. Leverne Scott Roberts -- “22”
Elesha Paul Moses vs. Gary Poole -- “Caught Up”

TEAM RICKY

Tila & Tavelah vs. Beth McCarthy -- “Roar”
Kelsey Beth vs. Emily Adams -- “Fighter”
Christina Marie vs. Nathan Amzi -- “The Power of Love”
Chris Royal vs. Jamie Lovatt -- “Rolling in the Deep”
Myles Evans vs. Max Murphy -- “Eleanor Rigby”
Jazz Bates-Chambers vs. Luciee Marie-Closier -- “Grenade”

Comentários ()
Tags: Reviews The Voice UK Publicado por Matheus Pannebecker em 10 de março de 2014 às 12:45

Você pode se interessar também por:

Facebook

Twitter

Copyright © 2004-2017 KYLIE.com.br - Kylie Minogue Brasil. Todos os direitos reservados.

Designed por Leo