Kylie.com.br

Digital Spy entrevista Kylie Minogue

Comemorando 25 anos na industria fonografia, Kylie celebra essa marca com uma série de lançamentos e shows íntimos ao longo dos últimos 12 meses que conseguiram agradar até mesmo os seus fãs mais exigentes.

Ela encerra o ano com o um novo álbum, chamado The Abbey Road Sessions, que contém novas versões de seus maiores sucessos. A Digital Spy foi participou de um chá da tarde ao lado da cantora, onde os convidados descobriram os planos da Princesa do Pop.

No novo álbum, muitas musicas up time como Come Into My World e Never Too Late agora são apresentadas em versão de balada. Sobre essas mudanças, Kylie afirma:

Foi muito revelador ver que uma música como ‘Never Too Late’ é realmente triste! Eu nunca tinha pensado nisso antes. Passamos uma semana em um estúdio com uma banda, tentando fazer muitas coisas diferentes e foi interessante para trabalhar com as músicas. Nós mudamos completamente a melodia de ‘All The Lovers’, a ponto de, às vezes, eu esquecer a versão original!

Questionada se houve alguma tentativa fracassada para alguma nova versão, a cantora diz:

No período de ensaios nós tentamos algumas músicas e, no fim, não resultou em nada. Também há alguns extras que gravamos e não estão no álbum. Algo que me deixou super contente foi contar com Nick Cave. Nós sentamos em bancos, com as letras das músicas em mãos, sabendo que muita coisa já aconteceu… Foi comovente.

Nick Cave regravou seus vocais para a nova versão da melancólica Where The Wild Roses Grow, sucesso de 1995.

Sobre a influência dos fãs em suas decisões, Kylie diz:

É uma faca de dois gumes: 99% dos tweets que recebo são de fãs super animados e isso influencia o que eu faço! O ideal por trás da Anti Tour surgiu das constantes perguntas de como eu superaria a Aphrodite: Les Folies e a resposta foi ir totalmente na direção oposta. Eu sempre tentei ser assim: às vezes funciona e às vezes eu caio de cara no chão.

Questionada sobre os tais momentos em que “caiu de cara no chão”, a cantora afirma:

Olhe para o Impossible Princess: ele não vendeu milhões de cópias. Parece um verdadeiro luxo os fãs quererem algo diferente de você. É ótimo olhar para tudo de um ângulo diferente!

Quando seguiu uma nova direção e, em 1997, lançou seu 7º álbum de estúdio, Impossible Princess, Kylie se deparou com o fracasso comercial e fortes críticas. Para alguns fãs, o álbum é considerado o melhor de toda a carreira da Kylie.

Sobre a experiência de revisitar seus antigos hits, Kylie afirma que pôde conhecer mais de sua própria voz, como nos tempos da PWL. Em relação a sua possível participação no especial de natal Hit Factory Live, a cantora afirma que, devido a sua agenda, não sabe se poderá se apresentar.

Kylie ainda conta que uma possível pausa na carreira não está em seus planos, que incluem futuras atuações e um novo álbum para:

Com certeza não haverá um K26! Eu admiro mulheres como Barbra Streisand e Dolly Parton que continuam atuando e gravando novas músicas. Às vezes, acordo e tenho vontade de jogar tudo para o alto e me aposentar. Eu só preciso de um fôlego! Pretendo atuar em alguns filmes de diretores independentes e começar a trabalhar no próximo álbum! No fundo, tudo continuará da mesma maneira.

Comentários ()
Tags: Abbey Road Entrevistas K25 Publicado por Felipe Sudré em 17 de outubro de 2012 às 14:45

Você pode se interessar também por:

Facebook

Twitter

Copyright © 2004-2017 KYLIE.com.br - Kylie Minogue Brasil. Todos os direitos reservados.

Designed por Leo