Kylie.com.br

Herald Sun entrevista Kylie Minogue

Depois de 25 anos de trabalho, Kylie Minogue raramente fica nervosa durante as entrevistas. Os 12 meses de 2012 são dedicados às celebrações do K25 e a cantora sempre presenteia seus fãs com videos.

No twitter, Kylie usa a hashtag #K25blastfromthepast para compartilhar fotos do seu passado. Recentemente, a cantora compartilhou fotos dos bastidores do clipe de “Shocked” (ao lado de Jazzi P) e “What Do I Have to Do”, ambos de 1991.

A cantora irá lançar em Novembro o Kylie Fashion, um livro recheado de imagens icônicas e fotos inéditas, como outtakes de vídeos e croquis de figurinos. O livro já esta diponível para pré-venda na Amazon UK.

Vasculhar o passado tem sido algo constante para a cantora que, recentemente, realizou algo jamais feito por nenhuma cantora pop: Kylie abandonou o costumeiro repertório recheados de hits para criar um show somente com b’sides, faixas esquecidas e raridades.

Os críticos ficaram surpresos com a ousadia da australiana, que continua fazendo o que ela faz de melhor: cantar. Agora, a cantora apresenta o projeto mais ousado entre as suas comemorações do K25: o album The Abbey Road Sessions, com seus maiores sucessos em versões orquestrais.

Steve Anderson e eu temos esse sonho há muitos anos e sinto que este álbum veio na hora certa! Há 10 anos atrás eu não estava tão segura de mim mesma e não poderia ter feito um trabalho como esse.

Uma década de constantes turnês e novos álbuns melhoraram o alcance vocal de Kylie, que diz sempre responder comentários como “Eu não sabia que você poderia cantar assim”. Em 2012, a cantora aparece de uma forma mais relaxada, com seu projeto K25, lançando um incrível vídeo de “Timebomb” e realizando a Anti Tour:

Alguma coisa mudou. Com a Anti Tour eu estava nas nuvens… foi muito libertador. Amei desenvolver todo o conceito intimista para os shows e, vocalmente, eu não estava estressada com nada! Também adoro as grandes turnês e mal posso esperar para fazer a próxima!

A cantora conta que, durante os shows da Anti Tour, não tinha que se preocupar em trocar de roupa em poucos segundos, vestir uma fantasia que tirava sua respiração, calçar saltos enormes, subir no palco e voar sobre um anjo:

Todas essas coisas fazem o outro show fantástico, mas o grande destaque na Anti Tour foi apenas cantar.

Um dos grandes destaques do novo álbum é a participação de Nick Cave em Where the Wild Roses Grow. A obscura e melancólica balada foi lançada em 1995 e é considera um dos grandes divisores de água da carreira de Kylie, que inciou os anos 90 recriando a conhecida Kylie dos anos 80:

Na época, se alguém houvesse me pedido para fazer algo assim eu teria ficado hesitante. Michael Hutchence, meu ex-namorado, havia comentado que seu amigo Nick queria trabalhar comigo. Eu sabia que ele era genuíno e aceitei.

O álbum também inclui a balada Flower, uma canção que Minogue escreveu enquanto se recuperava do tratamento de câncer. Com arranjos de Steve Anderson, a canção nunca havia sido gravada em estúdio e se tornou uma das músicas preferidas dos fãs. É também uma das mais profundas e pessoais da Kylie:

Flower é uma canção de amor para uma criança que eu possa vir a ter ou não. Eu estava saindo do tratamento e os médico me disseram: “Não podemos determinar como o seu futuro vai ser”. Sem soar muito surreal, eu sinto que há esperança. Estão constantemente me perguntado: “Você vai ter filhos?”, e eu odeio essa pergunta! Flower é uma canção muito bonita sobre isso. É uma pergunta que eu não sei a resposta.

Sobre sua recente atuação em Holy Motors, a cantora conta:

Eu não tinha ideia de como Holy Motors faria bem para mim! Ele me deixou com fome para mais…

No final deste ano, a cantora retornará para sua terra natal, Austrália, e será a anfitriã do Sydney New Year’s Eve:

Infelizmente, não haverá uma performance. Eu não vou estar na ponte do porto de Sydney com um vestido brilhante e acessórios na cabeça, mas estarei lá e vai ser incrível!

Para seus planos futuros, a cantora conta que adoraria passar um período de férias na Tailândia, e finaliza:

Este ano foi como um envoltório poético. Estamos na reta final do K25, que foi como um milagre. Eu não sei o que vai acontecer no próximo ano. Talvez tenhamos um colapso coletivo ou uma depressão.

Comentários ()
Tags: Abbey Road Entrevistas Publicado por Felipe Sudré em 26 de outubro de 2012 às 02:19

Você pode se interessar também por:

Facebook

Twitter

Copyright © 2004-2017 KYLIE.com.br - Kylie Minogue Brasil. Todos os direitos reservados.

Designed por Leo