Kylie.com.br

Kylie concede entrevista para a revista Elle britânica

Não existem muitas mulheres que possam alegar ter sido capa da Elle britânica por 7 vezes ou ainda vender mais de 68 milhões de cópias ao redor do mundo, mas Kylie Minogue é uma delas. Exceção à regra, este ano Kylie tem o privilégio de celebrar um quarto de século na indústria da música.

Inigualável, ela é a artista feminina mais tocada nas rádios do Reino Unido nos últimos 20 anos e afirma que desde o começo sabia onde estava indo:

Não foi por acidente. Isso era o que eu sempre quis.

Kylie Minogue sempre teve sua vida sob os holofotes e a ver em um momento tão intimo é algo surreal. Envolvendo o filho recém-nascido de um amigo em seu colo, a cantora proporciona a cena que qualquer paparazzi se mataria para fotografar. Sem sucesso, ela já tentou a maternidade por diversas versas, o que tornou-se um assunto delicado para a cantora:

Eu ainda penso sobre isso e tenho esperanças de ter uma família. Por ser uma mulher mais velha, eu sou realista: isso não depende única e exclusivamente de mim.

Para Minogue, as possibilidades de gravidez após um tratamento de câncer (que a cantora realizou em 2005) são menores. Ela recentemente abordou o tema no videoclipe de “Flower”. Hoje, Kylie exibe seus 44 anos na melhor forma possível e, quando perguntada se acha isso incrível, conta:

Sim e não. Às vezes, eu me esqueço e penso: ‘acho que devo tirar as hot pants da aposentadoria’ e no outro dia eu me olho no espelho e vejo uma mulher de 94 anos. Essa é a verdade por trás da maquiagem.

No inicio de sua carreira, Kylie tinha todos os esteriótipos de uma ‘girl next door’, sendo uma menina bonita, doce, amável e sem esforço otimista. A cantora relembra que, na época, não fazia ideia do que estava acontecendo ao seu redor, tornando o momento assustador:

Ninguém sabia o que iria acontecer e tudo era em torno de trabalho e viagens. Eu não posso dizer que não foi emocionante e eu não perdi toda a angústia que eu tinha na época. Tive sucessos e um monte de críticas, sendo que muitas eram realmente cruéis e faziam aquela garota de 19 anos ficar completamente pisoteada.

A cantora ainda conta que encontrou em sua família o apoio necessário para enfrentar as massivas críticas, encontrando, assim, um meio de lidar com elas:

Depois de um tempo, eu passei a deixá-las de lado, começar um novo dia, seguir em um novo projeto e esperar as coisas ficarem mais claras… De certa maneira, continuo fazendo isso e acredito que, depois de 25 anos, não sou mais “a menina de um único hit”.

O sorriso de Kylie é verdadeiro, e talvez isso seja um de seus grandes segredos para manter uma carreira tão promissora. Mais velha de três irmãos, Minogue iniciou sua carreira no seriado “Neighbours”, dando vida a inesquecível mecânica Charlene Mitchell:

Não foi por acidente que foi escalada para fazer a Charlene. Há um pouco dela escondido dentro de mim ainda. Você não pode ser doce e agradável o tempo todo, isso seria insano! Posso ser dura quando preciso ser.

Minogue nunca perdeu a postura ou seu senso de humor perante as criticas e, após um período turbulento em sua carreira, a australiana trouxe ao cenário musical o poderoso hit “Can’t Get You Out of My Head”, em 2001. A cantora, anos depois, lutou contra um câncer de mama, e conta:

Ser diagnosticada com câncer me fez mais humana. As pessoas me viram de forma diferente e eu me tornei palpável. Foi um momento realmente terrível para mim, mas isso me mudou bastante. Muitas mulheres vêm falar comigo sobe esse assunto e eu me sinto muito próxima delas.

Por trás de plumas e adereços, Kylie é uma mulher com a qual se tem o prazer de falar: culta e sofisticada, fala francês e espanhol e usa roupas elegantes, além de conhecer bons restaurantes. Questionada se seus relacionamentos sofrem devido a sua carreira, ela conta:

Eu honestamente acho que não, porque todos sabem que eu sou uma personalidade pública. Já namorei vários homens e não tenho nenhum arrependimento. Eu acho que há relacionamentos que eu deveria ter terminado antes, mas você vive e aprende! Tenho tido muita sorte com os homens que conheci.

O assunto casamento é uma constante incógnita na vida da cantora, que se considera um pouco fora do convencional:

Eu adoro estar em um relacionamento, mas eu amo a minha liberdade! Andrés e eu estamos plenamente conscientes da realidade de que muitas vezes nos submergimos no nosso trabalho e esquecemos que estamos em um relacionamento.

Talvez essa seja essa a razão que mantém o casal junto há mais de 4 anos. Sobre beleza, a cantora afirma não ser contra cirurgias corretivas, mas que não recorrerá a elas tão cedo:

Olhe alguém como Jane Fonda: ela não pede desculpas sobre sua cirurgias, e nem deveria. Nós colocamos maquiagem todos os dias, nos depilamos, e fazemos de tudo para nos olharem da melhor forma possível… por isso eu acho que é inútil ser hipócrita sobre algo que se for bem feito pode ser realmente bom.

Celebrando seus 25 anos de carreira, Kylie envolveu cada época de sua carreira no álbum “The Abbey Road Sessions”, que conta com versões revistadas de seus grandes hits. Há 20 anos a australiana mal poderia imaginar suas realizações futuras da forma como aconteceram:

Eu só vi Barbra Streisand se apresentar em um único show e foi incrível. Honestamente, não se pode planejar o futuro. Você não sabe o que te espera ao virar uma esquina. Por isso, temos sempre que fazer o que acha certo, no momento certo.

Você pode conferir os scans da revista em alta qualidade na nossa galeria!

Comentários ()
Tags: Entrevistas Revistas Publicado por Felipe Sudré em 5 de dezembro de 2012 às 17:05

Você pode se interessar também por:

Facebook

Twitter

Copyright © 2004-2017 KYLIE.com.br - Kylie Minogue Brasil. Todos os direitos reservados.

Designed por Leo