Kylie.com.br

Kylie concede entrevista para a Style Magazine

Após dedicar 2012 a celebrar seus 25 anos no mercado fonográfico, Kylie Minogue reservou 2013 para por em práticas grandes mudanças em sua carreira. Ela encerrou a parceira de 25 anos com seu empresário, ingressou no time de artistas da Roc Nation e passou meses em Los Angeles trabalhando com novos produtores:

2013 foi um ano de grandes mudanças. Eu tive uma epifania sobre novos horizontes e novas perspectivas. Foi como colocar o pé no freio e me separar de tudo aquilo que era habitual.

No meio de tudo isso, a cantora perdeu sua avó materna e rompeu um namoro de cinco anos com o modelo Andres Velencoso. O principal argumento para o fim do relacionamento foram os compromissos de trabalho de ambos: “o trabalho definitivamente interferiu um pouco, mas não era só isso”, diz Kylie. “Ele é um sujeito muito, muito bom”.

Kylie afirma que acredita no poder redentor do amor e que seu verdadeiro amor está em sua família e nas pessoas com quem faz música. A cantora revela que não gosta de se sentir aprisionada:

Eu odeio ser limitada. É como usar roupas apertadas ou estar em relações apertadas. Eu preciso sentir minha mente livre! Me prenda e eu serei como uma cavalo selvagem.

Não é segredo que a australiana construiu uma carreira primordial. Prestes a lançar “Kiss Me Once“, ela conta que a concepção do álbum foi um verdadeiro desafio: “em alguns momentos pensei que tivesse uma linha de trabalho para seguir, mas, na verdade, cada novo passo contribuía lentamente para o resultado final. Foi muio difícil.”

Kylie é realmente uma pessoa pragmática. Se não fosse, ela não permaneceria no mercado fonográfico por 27 anos, e não estaria lançando seu 12º álbum de estúdio:

“Kiss Me Once” é o DNA da minha carreira musical. É o que as pessoas gostam e querem ouvir de mim.

O lead single, “Into the Blue“, não poderia ter sido recebido de melhor forma: são três minutos e meio bem gastos na pista de dança. O videoclipe, dirigido por Dawn Shadforth, traz uma imagem delicada de Kylie. Remetendo ao anos 1970, a cantora aparece belíssima em cenas em preto-e-branco.

Kylie revela estar mais confiante do que nunca, despida de qualquer coisa que a impeça de ser ela mesma:

Será como na época do “Fever”, onde eu estava completamente autêntica. Tempos depois, eu adoeci e não estava confiante. Foi como se eu tivesse colocado várias máscaras para me esconder atrás de um personagem. Agora será diferente!

Para sua nova turnê, que começa em maio, ela assumiu a direção criativa do espetáculo e promete algo totalmente novo: “vai ser mais feminino, mais despojado, menos áspero. Será diferente”.

Para “Kiss Me Once“, Kylie trabalhou com um grande time de produtores, entre eles, Pharrell Williams. A parceria resultou na faixa “I Was Gonna Cancel“. Sobre a experiencia, Kylie revela:

Ele foi muito doce e sincero comigo. No fundo, quando as coisas vão mal, você se recompõe e sai da cama. Aquele dia eu cantei através das lágrimas e Pharrell estava feliz. Juntos, fizemos a música mais pop do álbum.

A cantora ainda afirma: “eu sou muito rápida, atravesso a tristeza e logo a supero. Há um milhão de coisas acontecendo ao meu redor e isso faz com que seja mais fácil. Na solidão, há o silêncio e você pode ouvi-lo dentro da em sua cabeça“.

Sobre o desafio de ser mentora na nova temporada do The Voice UK, Kylie afirma que tenta agir o mais natural possível e que aceitou o desafio dos produtores do programa: “Quanto mais você é você, melhor. Nós temos você no painel, porque nós queremos que você.”

Diariamente, Kylie presta uma singela homenagem para sua avó materna. A cantora carrega consigo uma pequena bolsa de mão da grife Nina Ricci:

Eu a chamo de ‘bolsa da vovó’. Costumo olhar para essa bolsa e lembrar que minha avó sempre estará comigo.

Comentários ()
Tags: Entrevistas Roc Nation Publicado por Felipe Sudré em 16 de fevereiro de 2014 às 17:45

Você pode se interessar também por:

Facebook

Twitter

Copyright © 2004-2017 KYLIE.com.br - Kylie Minogue Brasil. Todos os direitos reservados.

Designed por Leo