Kylie.com.br

Kylie completa 44 anos!

Muitos artistas são esquecidos com a mesma velocidade que aparecem. Outros perdem o brilho, ano após ano, porque não sabem se reinventar e nem a hora de parar. Alguns encaram a música como um mero negócio e, por isso mesmo, não conseguem se destacar nesse meio tão competitivo.

25 anos de carreira, atriz, milhões e milhões de discos vendidos, inabalável perante o câncer e… la la la! Kylie Ann Minogue, nossa querida Kylie, é um verdadeiro ícone. Única e insubstituível, uma estrela. É por isso que, hoje (28), nós do KYLIE.com.br prestamos uma homenagem mais do que especial para a nossa aniversariante do dia.

Kylie nasceu em Melbourne em 28 de Maio de 1968. Com 44 anos, mais beleza e pique de alguém com metade dessa idade, Kylie, ao longo de sua vida, cativou um público mais do que fiel e mostrou o porquê de, ainda hoje, ser refência quando o assunto é música pop.

Muito tempo se passou desde o lançamento de seu primeiro álbum, “Kylie”, de 1988. Mas, para ela, os anos voaram:

Desde o meu primeiro hit, eu não consigo acreditar como o tempo passou rápido. E não existe nada melhor que o tempo para nos trazer uma perspectiva. Eu me sinto muito sortuda por ter a oportunidade de ter feito vários experimentos através dos anos sempre tendo o apoio dos meus fãs. Estou feliz por celebrar o passado e poder olhar para o futuro.

Tudo começou nos anos 80, quando Kylie iniciou sua carreirra como… atriz! Com participações em vários seriados, ela foi chamar a atenção como Charlene Mitchell, de “The Neighbours”, que, na época, era o programa de maior audiência da Austrália e da Inglaterra. O sucesso foi tanto que ela foi convocada para cantar “Locomotion” em um show beneficiente e, a partir daí, tudo mudou. A música liderou as paradas australianas por 7 semanas em 1987 e se tornou um dos singles mais vendidos da década.

No mesmo ano, a cantora assinou um contrato com os produtores de peso Stock, Aitken e Waterman. O primeiro álbum “Kylie” e o primeiro single internacional “I Should Be So Lucky” chegaram no topo das paradas inglesas e nos próximos dois anos, seus primeiros 13 singles alcançaram o Top 10 no país da rainha. Kylie Minogue era a maior revelação do momento.

Paralelo a sua carreira musical, entre inúmeras campanhas publicitárias e a criação de uma linha de produtos que inclui perfumes, artigos para a casa e roupas íntimas, ela, em 2005, foi diagnosticada com câncer de mama, precisando interromper os shows da turnê “Showgirl” que era desenvolvida naquele momento.

Determinada como em tudo na sua vida profissional, ela usou essa mesma força para combater a doença. E venceu, tornando-se, além de um ícone musical, um exemplo de vitória para milhares de pessoas. Kylie retornou aos palcos no final de 2006 mais inventiva que nunca com a turnê “Showgirl Homecoming“.

No momento em que o médico me disse o diagnóstico, eu fiquei em silêncio. Meus pais estavam comigo e nós desmoronamos… Todo mundo viu pela primeira vez que eu era uma mulher e estava sofrendo – não era apenas uma boneca sorridente.

Kylie contou com a ajuda de seus amigos, familiares e fãs para passar por esse difícil momento. O agradecimento, veio na belíssima canção “No More Rain“, do álbum de 2007, X.

Agora, no ano de 2012, Kylie completa 25 anos de carreira com cerca de 70 milhões de disco vendidos, 11 álbuns de estúdio e mais de 50 singles lançados. Seu maior hit, a canção Can’t Get You Out Of My Head vendeu cerca de 5 milhões de cópias e alcançou a primeira posição em mais de 30 países ao redor do mundo.

A australiana acumula inúmeros prêmios, incluindo um OBE, cedido pela realeza britânica por sua importância na música e um Grammy. Kylie também é conhecida por realizar grandes espetáculos. Seus shows lotam arenas e estádios na Austrália e em toda a Europa. Suas turnês chamam atenção pela impecável qualidade visual, musical e recursos tecnológicos.

Mais particularmente sobre o momento atual da cantora, é gratificante ver a segurança de uma artista que abandona o grandioso e lucrativo estilo de uma turnê como “Aphrodite: Les Folies” para comemorar o aniversário de sua carreira com, por exemplo, a Anti Tour, uma pequena e intimista turnê com repertório nunca antes executado ao vivo. Quantos artistas fazem isso por seus fãs?

A filha primogênita de Ron e Carol Minogue, que ainda celebra a diversidade de seus fãs (“o público gay sempre esteve comigo desde o início!”), diz que, apesar de tanto glamour, o seu maior orgulho está no que o público não vê:

O objetivo do meu trabalho é entreter e fazer com que isso pareça fácil. Então, eu acho que são as partes que você não vê que fazem eu me sentir orgulhosa: todos os bastidores, os medos, as inseguranças que preciso encarar para me provar como pessoa e artista.

Seria fácil ficar horas falando sobre essa que, ainda hoje, é a artista feminina que mais tocou nas rádios britânicas nos últimos 20 anos. Desde “The Neighbours”, passando pelo encerramento grandioso das Olímpiadas de Sydney, em 2000, até os dias de hoje, quando ainda instiga e surpreende seus fãs, Kylie mostrou ser um verdadeiro exemplo. Ela é mais do que ingressos esgotados em minutos, capas de revistas e títulos de “mulher mais sexy”.

Chegar a esse ponto leva tempo, dedicação e, claro, talento. Sobreviver a tudo isso, principalmente nos dias de hoje, em que a competição no mundo musical é feroz, é uma tarefa que pouquíssimas conseguem cumprir. Kylie, afinal, deve realmente se sentir orgulhosa (e lucky, lucky, lucky) de tudo o que conquistou até agora.

Toda a equipe do KYLIE.com.br agradece a existência dessa pessoa tão maravilhosa, que nós faz tão feliz. Nosso trabalho é feito com um amor incondicional acima de tudo. Parabéns Kylie!

Assista abaixo um emocionante vídeo que celebra a vida de Kylie Minogue.

Comentários ()
Tags: Carreira Entrevistas Familia K25 Publicado por Matheus Pannebecker em 28 de maio de 2012 às 14:16

Você pode se interessar também por:

Facebook

Twitter

Copyright © 2004-2017 KYLIE.com.br - Kylie Minogue Brasil. Todos os direitos reservados.

Designed por Leo