Kylie.com.br

Sim, ela pode! Kylie concede entrevista para a Paris Match

Em entrevista concedida para Dany Jucaud, da revista Paris Match, Kylie fala sobre carreira, vida pessoal, amor e muito mais! Confira a entrevista na íntegra:

Como você se sente com 25 anos de carreira, reinventando-se constantemente?

Quando era pequena, cantava “Grease” segurando minha escova de dentes como se fosse um microfone. Saber cantar e dançar estava no meu DNA.

O que ainda resta da sua adolescência em você?
O apetite pelo risco! Eu fiquei muito feliz quando soube que faria parte de “Holly Motors”, mas estava apavorada ao mesmo tempo.

Como você administra sua insegurança e medos?
Pensando que é assim pra todo mundo. Sem aplausos, a vida parece muito silenciosa.

E fora desse mundo pop star, o que você faz com a realidade?

É como uma droga. A adrenalina é tão alta que a descida pode ser terrível. Por isso eu prefiro me definir como uma artista e não como uma pop star.

Dá para ser uma pop star e uma pessoa normal ao mesmo tempo?
Muitas vezes. Sem as roupas e fora do palco me sinto normal. Mas, às vezes, ainda fico surpresa quando as pessoas ficam me olhando na rua.

Você age de forma mais pacifica do que a Madonna, que é mais agressiva…
Há várias maneiras de atingir seus objetivos…

A Madonna cantou vestida como você no Super Bowl com uma toga romana, como você fez há mais de um ano!
Já vi isso em muitas pessoas, eu levo como uma homenagem!

Em 2005,você falou publicamente sobre seu câncer… Você se arrepende disso?
Não tive escolha. Foi um choque! Três dias depois eu precisava estar no palco, não tinha como não dar explicações. Mas foi uma maneira de cair a ficha, porque eu não conseguia acreditar. Estava em Paris e estava muito mal, não sabia como as coisas iam se desenrolar. As pessoas me viam na rua, davam flores e me desejavam melhoras. Era impressionante. Durante esse período, descobri o pior e o melhor nas pessoas.

Todo mundo viu pela primeira vez que eu era uma mulher e estava sofrendo – não era apenas uma boneca sorridente.

Você não sente mais medo da doença?
Com o tempo, as pessoas esquecem. Eu não. Não há um dia que eu não me lembre. Me olho no espelho e vejo as cicatrizes físicas e morais. Às vezes, sinto raiva disso tudo e, às vezes, penso que tive muita sorte em me recuperar.

Isso te fez perceber alguma característica que você não tinha notado em você mesma?
Sempre tento ser otimista. Eu tenho uma mente aberta, mas, no geral, sou muito reservada. Sei que era grave, mas tive a sorte de estar cercada por pessoas que realmente me amam. Eu me sinto como um gato, tendo tido várias vidas. Na minha carreira e na vida pessoal, eu fiz muitas decisões ruins mas depois me encontrei. No final, sempre fica tudo bem.

Muita vezes você se define como fatalista no amor. É mais fácil falar na teoria ou viver isso na prática?
Nunca achei que casamento fosse o ponto culminante. As pessoas pensam que uma historia de amor bonita deve durar a vida toda. Eu digo pra mim mesmo que vai durar o que tiver que durar, e assim não me decepciono.

Conforme você envelhece, você é mais exigente e tolerante nos seus relacionamentos?
Eu fiquei expert! Mais tolerante e menos exigente. Estou muito feliz hoje, porque Andres me respeita muito. Quando estou triste, mesmo sem motivo, ou quando me sinto mal, eu me questiono: “Quem sou eu? O que eu quero, se eu vou…?” e ele está lá comigo.

Gueixa ou guerreira?
Gueixa, mas isso depende dos momentos.

Você está muito bem consigo mesmo. Como você vê isso?

Estou bem e muito apaixonada. Isso ajuda! Andres é bonito, muito simpático e também muito fácil de lidar. Nem notei que já vou fazer 44 anos. Eu cuido muito de mim, mas posso garantir que nunca recorri à cirurgias plásticas!

Há algo que você perdeu na sua vida?
Sim, mas eu não sei o quê. Se eu fosse uma criança, eu te diria. Ás vezes, sinto como se eu ficasse sem ar. Eu perdi alguma coisa obviamente. Mas o quê, exatamente? Estou procurando…

Comentários ()
Tags: Andrés Velencoso Entrevistas K25 Madonna Publicado por Leonardo Camargo em 18 de maio de 2012 às 13:12

Você pode se interessar também por:

Facebook

Twitter

Copyright © 2004-2017 KYLIE.com.br - Kylie Minogue Brasil. Todos os direitos reservados.

Designed por Leo